Como conseguir cupom de desconto das suas lojas favoritas

O cupom de desconto é uma ótima pedida na hora de efetuar qualquer compra, não é? Afinal, economia nunca é demais! Suas finanças agradecem cada centavo economizado.

No entanto, um grande problema enfrentado atualmente é com relação ao local onde conseguir ao menos um cupom de desconto. Na maioria dos links apresentados na internet se corre o risco de ser direcionado a uma página que contenha vírus.

Que tal descobrir onde conseguir os cupons de desconto das suas lojas favoritas? Basta continuar com a leitura.

Como conseguir cupom de desconto de maneira segura?

Bom, a melhor maneira de conseguir um cupom de desconto é através da internet. Porém, para não correr risco de pegar vírus através dos links, a melhor pedida é pesquisar em um site de buscas as páginas da web que oferecem cupons.

Assim, você vai clicando nos sites e conferindo a confiabilidade de cada um. Aliás, vale lembrar que, geralmente, os primeiros sites a aparecer em sua busca são aqueles mais acessados. Ou seja, há grandes chances de ser seguro.

Após escolhido o site de cupons, basta procurar a loja da qual você deseja um cupom de desconto. Não é difícil achar cupons de grandes lojas nesses tipos de sites, então esteja sempre alerta.

Aproveite o cupom de desconto!

Porém, não descuide de seu orçamento. O cupom de desconto pode ser uma tentação para você gastar mais do que deve e ter que arcar com as consequências no final do mês.

Afinal, o cupom é um benefício para ajudar você a economizar enquanto compra aquele item tão desejado. Assim, não se esqueça que cupom de desconto deve ser sinônimo de economia, e não de mais gastos.

Compre com sabedoria e não deixe de procurar cupons. Um grande desconto pode aparecer a qualquer momento!

Empréstimo com garantia: quando contratar?

A contratação de um empréstimo pode ser muitas vezes a principal alternativa para investir em inovações da empresa. Além disso, é possível que o crédito seja utilizado para sanar dívidas mais importantes ou até mesmo limpar o nome junto a outras instituições financeiras.

Dessa forma, o mercado vem oferecendo novas linhas de crédito para o público, com o intuito de atrair novos clientes. Portanto, uma das alternativas é o empréstimo com garantia, onde o tomador do empréstimo declara um bem como garantia de pagamento.

Entretanto, é preciso analisar de forma clara as propostas de empréstimo com garantia, para que possa ponderar sobre os benefícios e prejuízos que a operação pode ter. Portanto, confira algumas dicas sobre o tema.

Empréstimo com garantia tem condições diferenciadas

Contar com uma propriedade quitada e em seu nome é sinônimo de situação financeira estável. Desse modo, o empréstimo com garantia oferece alguns benefícios diferenciados em relação às outras opções de mercado.

Isso porque um imóvel dado como garantia, por exemplo, ele fica alienado à instituição financeira, até que o crédito seja pago de forma integral. Além disso, é possível contratar o empréstimo com garantia tendo o nome inscrito em órgãos como SPC e Serasa.

No entanto, apesar de tais fatores representarem uma taxa de juros menor, justamente por se tratar de um empréstimo com garantia. Caso haja o interesse de venda do bem posto como garantia, o processo se torna mais complicado tendo alienação do bem.

Empréstimo com garantia para investimentos

O empréstimo financeiro é bastante utilizado por empresários, de diversas áreas, para promover melhorias e investimentos no negócio. Desse modo muitas vezes as linhas de crédito não oferecem as melhores condições, seja de pagamento, seja de valor emprestado.

Nesse sentido, o empréstimo com garantia se torna um diferencial no mercado. devido a garantia de pagamento pelo tomador com um bem, até 60% do valor líquido do bem é emprestado, conforme as regras do Banco Central.

Além disso, os prazos disponíveis também se diferenciam dos demais empréstimos. Enquanto um empréstimo bancário tem um prazo máximo de três a quatro anos, no empréstimo com garantia é possível contar com um prazo de até 15 anos.

Conheça o empréstimo com maquininha e suas vantagens

Realizar operações financeiras tem se tornado algo cada vez mais acessível. Com novas ferramentas, portanto, é possível realizar um empréstimo com maquininha, sem burocracias.

Desse modo, é possível que o público realize o empréstimo com maquininha em diversos lugares. Além disso, em casos onde o proprietário do estabelecimento deseja realizar mudanças na empresa, é possível contar com o serviço.

Confira alguns detalhes sobre o empréstimo com maquininha e suas vantagens.

Empréstimo com maquininha não exige conta bancária

Em muitos casos ter conta bancária pode significar mais problemas do que soluções. Entretanto, em alguns casos, o serviço oferecido pelos bancos se torna importante, principalmente para quem trabalha no comércio.

Um exemplo disso é o empréstimo, a saída mais procurada em casos de ampliação da empresa. Porém, o empréstimo com maquininha pode solucionar tais problemas.

Dessa forma, o comerciante tem acesso empréstimo com maquininha direto na conta utilizada para receber as vendas. Sem a necessidade de enfrentar filas e todas as burocracias do serviço bancário, o cliente recebe o valor solicitado em até 48h, conforme a situação.

Empréstimo com maquininha tem condições especiais

Apesar de não ser considerado um serviço bancário, o empréstimo com maquininha requer algumas o cumprimento de alguns requisitos.

Um deles é em relação ao volume de vendas. Portanto, para que o lojista tenha acesso ao empreendimento com maquininha, é preciso ter um volume de vendas mínimo através do cartão de crédito.

Outro ponto importante é em relação ao tempo de uso da máquina. Conforme a empresa, há um tempo mínimo estipulado para que o cliente possa solicitar o empréstimo na maquininha.

Ademais, após a confirmação do empreendimento com maquininha, o lojista tem condições especiais de pagamento, conforme o rendimento da empresa. Além disso, é uma ótima oportunidade de crescimento e ampliação dos negócios.

Consórcio: Como ser aprovado no pedido de consórcio

Se você já ouviu falar em consórcio, acha uma boa alternativa e está pensando em fazer para conseguir adquirir bens ou serviços, mas ainda está cheio de dúvidas, pois, fique tranquilo, iremos te ajudar a entender melhor sobre esse serviço. Surgir dúvidas sobre consórcios é muito comum, ainda não é um serviço muito utilizado pelos brasileiros, então, a frequência com que se ouve falar sobre esse assunto é menor.

Mas afinal, o que é consórcio?

O consórcio nada mais é do que poupar dinheiro em uma quantidade considerável de pessoas. Mas como assim?

O consórcio se trata de um serviço oferecido por administradoras, que funciona como uma poupança de dinheiro para você, junto com outras pessoas. No momento da contratação você escolhe um valor ou um bem a ser comprado com o dinheiro poupado, como, por exemplo, automóveis, casas, terrenos. A administradora cobra por pequenas taxas de administração mensal e guarda seu dinheiro, através de parcelas fixas mensais. Isso é chamado de fundo comum, esse fundo é utilizado por todos os participantes do grupo para adquirir bens ou serviços desejados. A ordem para retirada do dinheiro é feita através de sorteios ou lances dados durante os meses.

Como ser aprovado em um consórcio?

Primeiramente, você precisa achar o consórcio que mais se encaixa nas suas necessidades. Para isso, você pode fazer simulações para comparar os serviços oferecidos pelo consórcio. Após a escolha do consórcio, você precisa verificar se a empresa é autorizada pelo Banco Central do Brasil. Para isso, basta você verificar no site da instituição quais são as empresas autorizadas, a consulta é pública.

Após realizada as escolhas, fique atento aos documentos que serão solicitados, preencha todas informações de forma completa, não omita nenhuma informação. Preenchendo e anexando todos documentos solicitados, com toda certeza você será aprovado no pedido do consórcio.

Cartão de crédito: 6 formas de pedir cartão de crédito com baixas taxas

Atualmente não ter um cartão de crédito é como não fazer parte da sociedade. Mas uma preocupação persiste na hora da decisão final de ter um ou não: as taxas. Para saber como, confira abaixo:

1.      Compare as suas opções

Há muito a se comparar considerando as opções de cartão de crédito que existem no mercado. Para fazer um bom filtro e escolher as melhores opções, é preciso levar em consideração as taxas cobradas (juros e anuidade), benefícios e limites.

2.      Negocie o valor final da sua anuidade

Qualquer um pode ir até o banco e negociar o valor da anuidade do cartão de crédito, mas alguns fatores podem estar a seu favor, como:

– O valor gasto mensalmente pelo cliente;

– Algum familiar ter conseguido isenção de taxa;

– Você ser um cliente antigo que paga a anuidade do cartão sempre em dia.

3.      Taxas extras

Muitos bancos abusam do uso dos asteriscos e você pode deixar passar a cobrança de taxas extras, como parcelamento de dividas, serviços e saque. E essa cobrança pode acontecer mesmo se o cartão de crédito não cobrar juros ou anuidade.

4.      Opinião pública

É muito importante também acompanhar a opinião de quem já é cliente. Assim, você saberá como é o atendimento caso tenha algum problema ou se existe algum serviço prometido e não prestado.

5.      Cartão nacional

Este tipo de cartão tende a possuir uma taxa menor do que os cartões de crédito internacionais, por apresentarem menos risco para instituições de fora.

6.      Cartão de crédito sem anuidade

Se você não faz questão de permanecer no seu banco ou não está disposto a travar uma batalha para conseguir isenção da anuidade, você pode pedir seu cartão de crédito para uma empresa que o desenvolveu sem o objetivo de cobrar anuidade.

Simulação Empréstimo: Como fazer simulação de empréstimo

A ferramenta de simulação de empréstimo oferecida online é extremamente útil no momento em que se considera pegar dinheiro emprestado. Isso porque, auxilia você a ter uma dimensão dos prós e contras de fazê-lo.

É verdade que todos têm algum momento na vida em que se faz necessário recorrer a um dinheiro extra. Na maioria dos casos, as pessoas não possuem uma reserva de emergência. Daí o empréstimo ser a luz no final do túnel.

Entretanto, para que ele não se torne um pesadelo é preciso se programar para pagar a dívida com segurança. Por esse motivo, simular o valor do empréstimo, bem como seus juros é indispensável. Vem aprender tudo neste artigo.

Passo 1 – Acesse o site para fazer a simulação de empréstimo

Há muitos sites especializados que oferecem a simulação de empréstimo. Isso quer dizer que ele mostra qual seria o valor do seu empréstimo com os juros em várias financeiras e bancos.

Há também a possibilidade de fazer a simulação nos sites oficiais das instituições financeiras. Desse modo, você mesmo pode fazer a cotação online.

Passo 2 – Preencha o formulário da simulação de empréstimo

Para realizar o processo, é necessário que você já tenha em mente o valor que precisa. Além disso, também será solicitado o número de meses nos quais você quitará toda a dívida.

Suponhamos que você precise de 7 mil reais para comprar uma motocicleta. E pretende pagar em até 5 anos. Ao preencher o formulário da simulação de empréstimo, indique, então, 60 meses.

Passo 3 – Verifique as informações da simulação de empréstimo

Ao fornecer todas as informações necessárias, a nova página carregada trará os juros que incidirão sobre o valor inicial. Assim, você saberá exatamente quanto está pagando a mais.

Uma dica importante para não perder tempo é: se você não é cliente do banco, muito provavelmente, você não conseguirá o empréstimo. Isso porque, eles somente emprestam, para quem já é cliente, mediante a avaliação rigorosa.

 

Cotar empréstimo: Como fazer cotação de empréstimo online

Você sabia que pode cotar empréstimo online de forma rápida e segura? Confira nosso post e veja como fazer cotação de empréstimo online.

Como cotar empréstimo online?

Para cotar empréstimo online, primeiramente você precisa escolher uma operadora da sua confiança e acessar o site para realizar a cotação. Dependendo de cada operadora o passo a passo pode ser diferente, no entanto a maioria segue uma linha de raciocínio bem simples.

  1. Solicitação de cadastro – O primeiro passo é realizar um cadastro prévio, onde você deverá informar sua situação financeira, para que a análise possa ser condizente com o seu perfil. Nesta etapa são solicitadas informações da sua situação empregatícia, renda entre outros;
  2. Informações sobre o empréstimo – Depois você deverá preencher os dados relativos ao empréstimo, como o valor e condições de pagamento, ou seja, quanto deseja receber e em quanto tempo pretende pagar.
  3. Cotar empréstimo online – Depois o simulador de empréstimo lhe informará as opções de empréstimo disponíveis para o seu perfil, com dados de valores de parcelas, taxas de juros e financeiras disponíveis para que você faça a escolha que mais lhe agrada.

E pronto você já tem a sua simulação em mão, depois disso é só contratar o seu empréstimo. É rápido, fácil e muito seguro, e você nem precisa sair de casa para ter acesso a todas as opções disponíveis no mercado.

Antes de confirmar seu empréstimo, confira algumas operadoras que oferecem a opção de cotar empréstimo online, depois é só acessar a página da operadora e cotar empréstimo de forma fácil e rápida. Confira:

  1. Bom para Crédito
  2. Creditas
  3. Finanzero
  4. Lendico
  5. Geru
  6. Rebel

Gostou do nosso post? Espero que tenhamos lhe auxiliado a esclarecer suas dúvidas. Então escolha o seu simulador de empréstimo e compare hoje mesmo!

Como aumentar as vendas em seu Pet Shop

Para aumentar as vendas em seu pet shop, altere suas estratégias antigas para conquistar novos clientes e fidelizar os mais antigos. Tenha sempre em mente que a melhor perspectiva de aumentar as vendas é concentrar o esforço em clientes já conhecidos, pois eles serão os mais fiéis e podem recomendar os seus serviços, deixando sua empresa reconhecida no mercado.

 

Aumente as vendas com programa de incentivo

Forneça aos seus vendedores ou profissionais de marketing um motivo para aumentar as metas e vender mais em seu pet shop. Muitas empresas dependem de sua equipe de vendas, por isso devemos cuidar do programa de incentivo para que esse número não caia. Aumentar as vendas em seu pet shop será mais fácil para os vendedores motivados.

 

Dependendo dos níveis de vendas, viagens, televisões, pagamentos extras, muitos produtos úteis, etc. podem ser oferecidos como premiação. Esses incentivos devem ser desejáveis ​​e os objetivos definidos devem ser ambiciosos, mas alcançáveis. A equipe é muito importante para o sucesso de seu negócio.

Informar promoções aos seus clientes

Você pode diferenciar entre o cliente médio, anônimo e outro tipo de cliente fiel. Essa diferença é percebida pelo cliente habitual que desejará ver sua lealdade recompensada. Há muitas maneiras para o seu cliente receber tratamento especial, desde tratá-lo pelo nome até dar alguns descontos ou presentes extras em suas compras.

 

Da mesma forma, se um cliente tiver dúvidas sobre a compra de um produto, você poderá informá-lo com antecedência sobre os descontos e promoções que fará na loja em um futuro próximo.

Software para otimizar Pet Shop

Gerenciar seu negócio de forma eficiente é essencial para manter a organização e otimizar sua loja. O software para pet shop permite que você realize o controle do estoque, vendas de produtos, cálculo de rentabilidade, parte financeira e outras tarefas burocráticas que torna o trabalho mais cansativo e demorado.

 

Um Sistema para clínica veterinária irá aperfeiçoar os processos, além de ajudar a economizar tempo e dinheiro, principalmente, se você for o dono e ao mesmo tempo gerente da loja.

Estabelecer um programa de recompensas para o cliente

Todos conhecem os sistemas de pontos e ofertas de grandes empresas, mas isso não significa que um varejista ou pequena loja no seu nível, não possa fazer um programa desse tipo.

 

Promoções simples podem ser feitas, como um pequeno desconto para a data de aniversário, ou sistemas de pontos complexos nos quais o cliente é recompensado com descontos proporcionais nos produtos da loja. Esse tipo de promoções faz parte de sistemas de fidelização de clientes, feitos para aumentar as vendas.

Distribuir amostras para aumentar as vendas.

Se uma pequena amostra de outro produto estiver incluída na compra do cliente, existe a possibilidade de que, ao experimentá-lo, o mesmo goste e decida comprá-lo na próxima visita à sua loja. Mover o foco da compra para outro produto quando um cliente já é assíduo a um artigo, envolve tentar multiplicar as vendas e oferecer ao cliente uma razão extra para comprar em sua loja.

 

Aumentar as vendas não é uma tarefa fácil, mas incentivamos você a aplicar todas essas dicas para começar a perceber um aumento nos resultados.

Empréstimo Consignado x Empréstimo pessoal: Qual a diferença?

Muitas pessoas buscam as linhas de empréstimo para conseguir um folego financeiro para ajustar o orçamento ou mesmo para quitar dividas em atraso, além de emergências que podem ocorrer e precisam de um dinheiro extra para ser resolvidas.

No momento da tomada de crédito é muito importante, porém realizar um bom planejamento financeiro, entender todo seu orçamento pessoal para que a tomada do empréstimo seja de fato algo que te ajude a resolver a situação financeira atual e não se torne um problema ainda maior no futuro.

Após entender seu fluxo financeiro é essencial também definir qual linha de crédito pessoal vai te atender melhor e ser a opção ideal para a sua necessidade, existem diversas linhas de crédito pessoal disponíveis no mercado e estas linhas possuem diferentes taxas de juros e características que fazem toda a diferença no momento de contratação.

Vamos explicar abaixo as características do Empréstimo Consignado e do Empréstimo Pessoal para facilitar a escolha da linha de crédito que melhor atende suas necessidades.

Empréstimo Consignado x Empréstimo pessoal Qual a diferença

Empréstimo Consignado:

O Empréstimo consignado é uma das linhas mais comercializadas pelas instituições financeiras, principalmente por sua facilidade na contratação e características que diminuem muito o risco de crédito da operação e permitem também que as condições de taxas de juros sejam bastante atrativas.

Basicamente no Empréstimo Consignado, a instituição financeira realiza um contrato com a empresa ou órgão publico pagador de salários e benefícios, como o INSS por exemplo, para permitir a realização de empréstimos vinculados a folha de pagamento do tomador do crédito.

Desta forma as parcelas do empréstimo são debitadas diretamente da folha de pagamento do tomador, sendo automaticamente pagas e não havendo então risco de crédito para instituição financeira já que o débito é automático e não depende de nenhuma ação de pagamento.

Empréstimo Pessoal:

O empréstimo Pessoal por sua vez é uma linha de crédito que não exige comprovação do uso do dinheiro, que é liberado com base nas regras e modalidades disponíveis de cada instituição financeira.

O Crédito pessoal pode ser liberado sem necessidade de garantia, normalmente em casos de pessoas que possuem bom relacionamento com as instituições financeiras e com o mercado. Mas também existem modalidades com a utilização de garantias, que podem facilitar a liberação da operação, além de flexibilizar também as taxas de juros, prazo, valor do empréstimo entre outras condições.

As principais modalidades de empréstimo pessoal são:

  • Empréstimo Pessoal com garantia de imóvel
  • Empréstimo Pessoal com garantia de automóvel
  • Empréstimo Pessoal com garantia de aplicação financeira
  • Empréstimo Pessoal com garantia de Previdência Privada
  • Empréstimo Pessoal com garantia de aplicação financeira
  • Empréstimo Pessoal Pré Aprovado
  • Empréstimo Pessoal com Avalista

É importante sempre considerar todas as opções disponíveis antes de efetivar a contratação do seu empréstimo, além de escolher a modalidade que melhor vai te atender em questão de custos e garantias é muito válido realizar a cotação da sua operação entre diferentes instituições financeiras.

No mercado existem muitas ofertas diferentes e as vezes as variações de taxas e condições podem ser muito impactantes quando comparadas diferentes instituições financeiras em situações de empréstimo iguais.