Tudo o que você precisa saber sobre o Adoçante

O adoçante é uma substância que proporciona um sabor doce sem o alto valor calórico
do açúcar. Ele surgiu como uma alternativa ao açúcar após a descoberta de como o
excesso de açúcar traz malefícios à saúde. Os adoçantes possuem um baixo valor
energético e podem ser divididos entre naturais e sintéticos.

Adoçante sintético

Os adoçantes artificiais em geral devem ser evitados, já que eles são produzidos através
de processos químicos. A sacarina é um dos exemplos mais famosos. Ela é cerca de 200
vezes mais doce que a sacarose presente no açúcar. Esse é o tipo de adoçante artificial
que está presente nos refrigerantes de baixo teor calórico. Ele é o responsável por deixar
o sabor levemente sabor amargo nesse tipo de bebida.

Além da sacarina, outros adoçantes artificiais fazem parte dos alimentos
industrializados e apresentados como mais “saudáveis”. O ciclamato de sódio foi
descoberto nos anos 30 e é utilizado tanto na produção de alimentos, como de alguns
medicamentos. Um dos seus diferenciais é que ele pode ser mantido em altas
temperaturas. Seu consumo em excesso pode causar diarreia.

Adoçante

Já o aspartame é cerca de 180 vezes mais doce do que a sacarose. Ele está presente em
milhares de alimentos e bebidas. Você também pode encontrá-lo em produtos como
chicletes, sobremesas em pó e até mesmo algumas vitaminas.
O neotame se destaca por ser o adoçante artificial mais doce no mercado, cerca de 8 mil
vezes mais doce do que a sacarose. Ele tem um gosto muito próximo ao açúcar e é
utilizado na produção de bebidas diet.

Adoçantes naturais

A frutose é o açúcar presente nas frutas. Ela é extraída e utilizada na produção de outros
alimentos. A frutose é mais doce do que a sacarose e possui um valor calórico baixo.
Entretanto, por elevar os níveis de açúcar no sangue, ela deve ser consumida
moderadamente.
O sorbitol, por sua vez, é extraído de algas marinhas, além de estar presente em algumas
frutas. Ele adoça mais do que o açúcar branco e é utilizado na produção de outros
adoçantes. Também é comum encontrar o sorbitol em biscoitos, balas e bolos
produzidos de forma industrial. Entretanto, assim como a frutose, não deve ser utilizado
em excesso.
O xilitol é um dos adoçantes naturais mais conhecidos pelo grande público. Ele adoça
cerca de 60% mais do que a sacarose. É possível encontrar o xilitol em refrigerantes e
outros produtos industriais. Ele pode causar gases e diarreia. O agave azul é extraído de
uma planta. Ele também adoça mais do que o açúcar refinado e é rico em açúcares mais
nobres.
O stévia é o adoçante natural mais saudável e utilizado atualmente. Apesar de não
possuir calorias, ele adoça mais de 300 vezes do que a sacarose. Ele é extraído de uma
planta e traz mais benefícios do que todos os outros adoçantes naturais e artificiais. Ele
não possui efeitos secundários e pode ser utilizado por diabéticos. Na hora da compra
do stevia, é indicado checar se ele está sendo vendido em sua forma pura, e não
associado com outros adoçantes.

Mitos e verdades sobre o adoçante

 

  1. Diabéticos não podem consumir adoçante: Mito. Todos os adoçantes que não
    elevem os índices de açúcar no sangue podem ser consumidos por diabéticos. É
    necessário cuidar os rótulos dos produtos e optar por adoçantes naturais, como o
    stévia.
  2. Adoçante faz mal à saúde: Mito. Os adoçantes artificiais não são benéficos para
    a saúde. Entretanto, os adoçantes naturais, se consumidos dentro da dose diária
    recomendada, não fazem mal à saúde.
  3. Adoçante dá câncer: Mito. Essa frase é mais uma crença do uma teoria. Isso
    nunca foi comprovado por estudos científicos.
  4. Posso consumir adoçante sem restrição: Mito. Tudo em excesso faz mal. O
    indicado é consumir adoçantes de forma controlada. Apesar do adoçante em si
    não ter valor calórico, os produtos produzidos com ele (bolos, biscoitos, etc)
    devem ser consumidor de forma moderada.
  5. Stévia é a melhor opção: Verdade. Além de ser um adoçante natural, o stévia é o
    adoçante que mais traz benefícios à saúde. Por sua composição natural e não
    agressiva, ele pode ser ingerido por todos os grupos de pessoas, até mesmo
    diabéticos e gestantes.

Ter uma vida saudável não é fácil, mas no Musical Grellmann você encontra bastante informação.